About

Análise: Fritadeira sem óleo

fritadeirasemoleo
Está pensando em comprar uma fritadeira sem óleo, mas tem dúvidas com relação a tempo de preparo, eficácia, análise de clientes, satisfação, marcas e preços? Reunimos aqui tudo o que você precisa saber antes de tirar o dinheiro do bolso!










Como funciona? 
O produto é ligado a tomada, e precisa de alguns ajustes antes de iniciar o funcionamento. Ele então inicia um processo de alta rotatividade de ar sob o alimento, produzindo o mesmo efeito das frituras convencionais. Segundo o fabricante, esta tecnologia elimia até 80% do óleo das batatas. Para usar a fritadeira, você precisa apenas colocar o alimento dentro e ajustar o timer e a temperatura. A própria máquina da sugestões para cada tipo de alimento. Para batatas, por exemplo, a máquina leva de 9 a 14 minutos em 200ºC. Você pode escolher uma batata mais tostada, ou mais macia. 

Análises de Consumidores
O portal dojeitoH. publicou uma análise do produto, confira:
A engenhoca funciona com ar quente em grande velocidade, fritando e assando os alimentos sem usar óleo, sem fumaça ou cheiro e muito rápido! Fizemos batatas fritas, mas essa máquina faz de tudo: bolinho de arroz, pastel e até bolo. Para as batatas fritas, você pode usar batatas frescas, que seria o ideal pois não tem gordura adicionada, conservantes e etc, mas nós usamos a congelada da marca Mccain. Para alimentos frescos, você deve untar os alimentos em um pouquinho de azeite ( bem pouco mesmo), mas para os congelados pode ser sem nada mesmo.
Deixamos as batatas descongelarem por 20 minutos e colocamos na fritadeira sem nada de óleo….
15 minutos depois elas estavam crocantes por fora, macias por dentro e super sequinhas! Você jura que foram fritas mesmo.
batatafrita
Achei incrível para quem tem criança em casa ou para quem não abre mão de petiscos assim… reduz muito as calorias, a gordura e a culpa né? Fiquei com vontade de testar fazer batatas doce “fritas”, hummm! Bom, moral da história: testada e aprovada! Beijos H.
 

Também separamos o depoimento do site Marketing na Cozinha:
 Pra quem não conhece, o AirFryer da PHILIPS WALITA, é uma máquina de fritar guloseimas diversas sem óleo. Ele usa apenas a circulação de ar quente para preparar a comida. Nunca tinha visto né? Então...tecnologia baby. Pois bem, decidi testar o AirFryer com duas frituras que eu adoro, batata frita e frango à passarinho. E decidi fazer ao mesmo tempo as duas iguarias no estilo tradicional, imersas no óleo quente.
Enquanto esperava meio litro de óleo esquentar, fui ler o manual do AirFryer e me surpreendi, não precisa de manual, ele é muito simples de mexer, é intuitivo. Tem um compartimento que você abre e coloca a comida, tem um botão giratório em cima onde você escolhe a temperatura e um botão giratório em baixo onde você seleciona o tempo. Pra cada tipo de alimento você deve escolher uma temperatura e um tempo sugerido por eles numa tabelinha simples. Esta é a instrução.
Separei em partes iguais a batata frita congelada para fazer ao mesmo tempo nos dois lugares.
batata1

A primeira a ficar pronta foi a batata frita feita no AirFryer, durou apenas 13 minutos (o manual sugere de 12 a 16 minutos). Em seguida tirei da panela a batata frita feita no óleo, sequei no papel toalha e fotografei as duas juntas.
batata2

Como podem ver, a aparência é exatamente a mesma, coloquei sal pimenta do reino e fui avaliar as duas sob alguns critérios:
TEXTURA/CROCÂNCIA – Este pra mim é um ponto importante da batata frita. Gosto delas crocantes por fora e macias por dentro. Neste quesito, ambas atenderam bem, mas a que foi feita no óleo ficou um pouquinho mais crocante. Porém, deixei elas esfriarem, e a batata feita no AirFryer demorou muito mais tempo para murchar.
AROMA – Testei o aroma das duas batatas antes de colocar sal e pimenta e quanto a isso, a batata feita no AirFryer ficou muito mais aromática que a batata feita no óleo. Já que eu não precisei usar óleo (que tem um cheiro forte) o cheiro dela ficou melhor.
SABOR – Devidamente temperadas ao meu gosto, testei simultaneamente as duas batatas tentando identificar diferenças no sabor e não encontrei uma diferença significativa em nenhuma delas.

Ok, batata frita é mole, não tem como ficar ruim. Decidi testar então o frango. Comprei congelado e temperado no supermercado e fiz a mesma coisa. Coloquei uma parte no AirFryer e uma parte igual no óleo, ainda quente da batata frita.
frango

Sobre o frango à passarinho, seguem minhas considerações:
APARÊNCIA/TEXTURA – A diferença visual entre os frangos fritos é muito pequena. Ambos ficaram dourados com partes tostadas e o frango feito no Air Fryer ficou mais 'brilhoso' por fora.
AROMA – Assim como a batata frita, o frango feito no AirFryer teve um aroma muito mais marcante que o frango feito no óleo.
SABOR – Aqui a maior diferença de todas. O frango feito no óleo ficou ligeiramente ressecado por dentro, já o frango feito no AirFryer me surpreendeu porque estava do jeito que eu gosto, tenro, saboroso e molhadinho (veja na imagem abaixo)...puts... só de pensar já fiquei com fome denovo.

Depois dos testes cheguei a seguinte conclusão:
O AirFryer não vai fazer milagre na sua casa, ele não vai te fazer perder a barriga, quer perder barriga? Vai correr, nadar, andar de bicicleta. Ele não vai fazer você parar de comprar óleo, você vai continuar comprando óleo (menos do que antes), só que vai ter a opção de não usá-lo, se quiser comer frituras de um jeito mais saudável. Por outro lado, você pode confiar que o produto funciona. Ele não é nada daqueles produtos mega revolucionários que a gente vê na TV, aqueles abdominais style. Tenha certeza que não, se ele não fosse bom, duvido que me mandariam com carta branca pra eu dizer o que quisesse.
 


Avaliação da Proteste
Segundo avaliação do PROTESTE - Associação de Consumidores em vídeo, as panelas não cumprem totalmente a promessa de fritar alimentos, a avaliação foi feita sob dois produtos - a Airfryer, da Philips  Walite, e a Actifry, da Arno. Segundo a análise, os produtos saem cozidos, mas não tão crocantes quantos os fritos, principalmente no caso da batata. 
Segundo a avaliação, quem gosta de uma alimentação saudável, a fritadeira é uma boa opção, porém, é preciso ter atenção pois o aspecto crocante só se pode ver na boa e velha frigideira.
Outra crítica é no tempo de preparo, que dizem chegar a 40minutos nas batatas comuns - ou seja, as que não são compradas congeladas. 
O teste não condena o produto, mas dá um outro ponto de vista ao consumidor.
Os fabricantes contestaram a análise, e ressaltaram que provavelmente o manual de instruções não foi seguito - e garantem que o aparelho pode eliminar até 80% do óleo nos alimentos.
 
Marcas e Preços
As marcas mais comuns são a Airfryer da Philips, com preço médio de R$1299,00; a AirFry da Philco, com preço médio de R$485,00; a Fritalight da Fun Kitchen, com preço médio de R$540,00; a Actifry da Arno, com preço médio de R$689,00; a Air Fryer Premium da Mondial, com preço médio de R$699,00.

E você? Comprou e gostou? Comprou e se arrependeu? Pretende comprar? Deixe-nos sua análise!

0 comentários:

Postar um comentário